Defina você

Viagem escrita por mim que pode virar música, tudo depende da competência de zói, the music-muthafucker

Porque sentir tanto medo de talves sentir o medo só confirma a hipótese de não sermos soberanos ao que sentimos e sim o contrário, pensando em sermos fortes somos fracos, pensando em sermos fracos, confirmamos a fraqueza, não pensando venceremos. Lógica serve muito bem para os loucos que abusaram da lógica enquanto eram conscientes e acharam que o amor fosse uma ciência exata, é a hipótese de se perder os sentidos perante o coração, a razão vaza e o simples parece embaralhar. E no seu baralho que sempre conta com uma carta na manga, de repente se mostram todos os curingas jogando contra você que já ultrapassou a linha da razão, e no universo depois dessa linha não existem regras, nada se equaciona, nada se soma, tudo se multiplica ou subtrai, mas o novo parece não chegar. Eu penso demais, esse é meu mal, isso me faz dizer coisas que nem sei e pensar coisas que nem vi, de onde apareceu essa vida que ganhei? Agora já não sei, o que importa é que vivi. Já vivi? Mas nem a vi passar, estava preocupado pensando e aproveitei somente os momentos de solidão onde podia me sentir mal em paz.

Ouvindo o barulhinho da janela do zé no msn.

~ por lucasexplica em 23/10/08.

2 Respostas to “Defina você”

  1. se a área do cosmos é infinita, então, a densidade demografica da humanidade no cosmos zero, logo não existem humanos no cosmos.

  2. Bah.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: