Cotonetes, brincos e outras coisas para os ouvidos – II

Eu me programei e consegui me lembrar de fazer hoje o novo cotonetes!

Então, eu trago hoje pra vocês uma coletânea que foi lançada essa terça feira, chamada “Covered: A revolution in sound”, onde bandas da atualidade fazem covers de músicas que consideram clássicas. Na verdade, essa é a edição do aniversário de 50 anos da warner, a gravadora do albúm. Bom, vamos a ele!

Capa do disco

Capa do disco

1. Mastodon: “Just Got Paid” (by ZZ Top): É um rockão com direito a solo com o pé na caixa de som fazendo cara de mau pra platéia. Essa música deve ter sido trilha sonora de briga de bar em algum lugar, e se não foi, vai ser, pois o clima é propenso. Recomendo!

2. The Black Keys: “Her Eyes Are A Blue Million Miles” (by Captain Beefheart): Guitarras que lembram as músicas do led zeppellin com mais groove, e vocais daquelas orquestas de blues que só se acha em filmes sobre a marinha americana. A música tem tanto suíngue que te faz se sentir malandro. É fechar os olhos e fazer um air guitar enquanto curte a música!

3. Michelle Branch: “A Case Of You” (by Joni Mitchell): Lembra um pouco June Carter, mas com a voz menos “penetrante”. Música de cowboys apaixonados (não, não os de brokeback mountain). Pra ouvir de manhã cedo, sentado na grama, escorado em uma árvore, mordendo uma graminha no canto da boca e só pensando naquela donzela que te roubou o coração. Ainda mais com a voz linda da Michelle.

4. Against Me!: “Here Comes A Regular” (by The Replacements): É díficil pensar em uma banda de hoje em dia fazendo tão bem esse tipo de som como o against me fez nessa música. Se a qualidade de gravação fosse um pouco menor, daria pra se dizer que é um cantor dos 50 que gravou. A música fala sobre ser especial. A música é especial.

5. Missy Higgins: “More Than This” (by Roxy Music): Parece muito com Colbie Cailat. Muito mesmo. Também com um clima bem 50’s, mas essa não parece tão particular, talvez por parecer tanto com músicas que se tem hoje em dia. Boa, mas não excepcional.

6. James Otto: “Into The Mystic” (by Van Morrison): Outra country demais, com slides de guitarra no começo que te fazem lembrar dos tempos da roça… mesmo sem ter morado na roça. Envolvente e recomendada pra todos que adimiram as raízes de onde surgiu o rock’n’roll. No meio da música tem um arranjo de sopro digno de música gospel.

7. Adam Sandler: “Like A Hurricane” (by Neil Young): Um dos melhores comediantes do nosso tempo também é um grande músico. E ele consegue mudar o clima da música, que originamente é bem country, fazendo ela parecer mais arrojada e atual, mas sem perder a classe de Neil Young. Esse é nosso little nick.

8. Taking Back Sunday: “You Wreck Me” (by Tom Petty): A banda que faz a versão já é uma banda da qual eu gosto muito. Tom Petty é um cara que eu adimiro muito. A junção não podia ser diferente. Essa parece a hora que o pessoal dentro do Saloon começava a dançar e bater as esporas no chão. Daí da briga, como sempre, mas a dança e o show continuam. Indispensável.

9. The Used: “Burning Down The House” (by Talking Heads): Outra banda que já fazia parte do meu gosto. Eles se diferenciaram bastante também por fazerem uma música cheia de efeitos no meio desse monte de acústicos-quase-morrendo que estão no cd. Bem no estilo the used, até poderia estar em um cd deles que nem se notaria ser de outro artista.

10. Disturbed: “Midlife Crisis” (by Faith No More): Essa música do faith no more é incrível, e me parece que eu já ouvi também a versão do disturbed. Ou as duas ficaram muito parecidas. Ou eu só estranhei porque essa música do disturbed, diferente das outras, não lembra need for speed (o jogo). O vocal em vários momentos lembra o do Faith no more. Assumo que, mesmo não gostando muito de distubed, gostei muito desta música.

11. Avenged Sevenfold: “Paranoid” (by Black Sabbath): A música original dispensa apresentações. O cover não ficou ruim, mas se tiver em mãos a versão original, ouça ela ao invés dessa.

12. The Flaming Lips With Stardeath And White Dwarfs: “Borderline” (by Madonna): Meu comentário pode me deixar em uma situação ruim, mas eu arrisco: Nada pode ser ruim se envolve madonna. E eu dúvido que até o mais masculo dos homens não tenha se pego cantando alguma música dela. O cover ficou muito bom e deu um ar renovado pra música da nossa cinquentona favorita. Cinquenta, já sem trema.

O cd todo vale a pena. Quem quiser, pode encontrar todas as músicas para streaming no endereço abaixo:

http://www.myspace.com/50thcovered

E viva o revival!

~ por lucasexplica em 12/03/09.

Uma resposta to “Cotonetes, brincos e outras coisas para os ouvidos – II”

  1. Adan Sandler cantando Neil Young,é,acho que vou escutar esse cd!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: